---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Sul Brasil 28 anos
Munícipe, poupe água. É um pedido do governo municipal

Publicado em 17/09/2019 às 13:56 - Atualizado em 17/09/2019 às 13:56

Caminhão pipa distribui água pelo interior Baixar Imagem

O governo municipal de Sul Brasil, através do prefeito Éder Marmitt, vem a público pedir para que o munícipe sulbrasilense se conscientize em poupar água o máximo possível, no perímetro urbano e na cidade.

Há pelo menos três meses que a região sofre com falta de chuva volumosa, e com o passar do tempo, a falta de água, a situação ficou crítica. Nem mesmo o pouco volume de chuva da última quinta-feira (12), foi capaz de amenizar a situação no município.

Em Sul Brasil, de acordo com a secretaria de Agricultura, há falta de água em pelo menos 10 comunidades mais a sede. São puxados mais de 171 mil litros de água por dia, trabalho realizado pela secretaria de Agricultura e o Departamento Municipal de Estradas e Rodagens (DMER).

Há pelo menos um mês que as duas secretarias estão empenhadas em fazer o transporte de água para as comunidades de Barra Escondida, Progresso, Três Amigos, Alto Recreio, Uru, Alto da Serra, Alto Alegre, Nova Esperança, Lemes, Guajuvira e a sede do município.

Há um caminhão pipa de 12 mil litros e um distribuidor de seis mil litros que auxiliam nos trabalhos para puxar água. De acordo com a secretaria de Agricultura, são 171 mil litros de água puxados por dia, para a alimentação de bovinos, suínos e aves.

Na linha Guajuvira, por enquanto, a única que recebeu água para a rede da comunidade. Foi puxado 12 mil litros para as famílias. Algumas localidades recebem até 20 mil litros de água por dia. Lembrando que os rios Pesqueiro e Burro Branco, que abastecem Sul Brasil, estão com pouca água.

O governo municipal de Sul Brasil pede aos seus munícipes que economizem água, seja na cidade no interior. A previsão para os próximos dias é de pouca chuva, e é preciso que a população contribua.

“Estamos nos empenhando ao máximo para que não falte água às famílias, sabemos que a agricultura é a principal fonte de renda dessas famílias. E se não chover nos próximos, tudo será afetado, tanto a plantação como a colheita. Por isso pedimos a compreensão de todos, e o nosso sincero pedido para que seja economizado o máximo de água possível”, pede o prefeito municipal, Éder Marmitt.

Para que não falte água, foi feito dois turnos para a distribuição, das 6h às 18h, direto. São quatro funcionários especiais apenas para este tipo de serviço. As retroescavadeiras estão auxiliando na limpeza das fontes e postos de águas.

Reunião

Na última semana, o prefeito Éder Marmitt se reuniu com representantes da SER Aurora e da Cooper Itaipu para tratar sobre a estiagem que atinge Sul Brasil. E, se a situação não melhorar, há grandes possibilidades de o município decretar situação de emergência.