---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Sul Brasil
Secretário de Agricultura destaca trabalhos da pasta e agenda de prioridades até final do ano

Publicado em 05/11/2019 às 13:45 - Atualizado em 05/11/2019 às 13:46

O secretário de Agricultura de Sul Brasil, Vantoir Debiasi, destaca os trabalhos realizados nos últimos dias dentro de sua pasta, e também a agenda de serviços que tem como prioridade para os dois últimos meses de 2019.

Na última semana, a secretaria realizou serviços de gobi, plantio, distribuição adubo líquido e adubo de aves, nas comunidades de linha São Carlos e linha Uru, e também em alguns terrenos na sede do município onde foi plantada alguma quantidade de milho.

Com a escavadeira hidráulica foi feito trabalhos na linha Nova, com serviços de duas esterqueiras e uma cisterna em uma propriedade. E com a outra escavadeira hidráulica foi realizado serviços de fontes de água e estrada de acesso a uma propriedade na comunidade de Jesuíta Alta.

A retroescavadeira trabalhou nos barracões industriais que estão sendo construídos e reformados na cidade, além de auxiliar na limpeza da cidade e no Cemitério Municipal.

Prioridades

Além dos trabalhos da última semana, Debiasi também destacou as demanda de serviços que a secretaria terá como prioridade até o final do ano. Para os próximos dias, a demanda é de 11 esterqueiras, três cisternas e quatro terraplanagens para casas no interior e na cidade, e também 20 depósitos de água para limpeza e serem aumentados de tamanho.

Também será cascalhamento de acesso e pátio a novas pocilgas que estão sendo construídas e cascalhamento de acesso a aviários e pocilgas que estão construídas há mais tempo. “Esses trabalhos temos como prioridade e metas na secretaria de Agricultura até o final do ano. As duas escavadeiras hidráulicas estarão nestas demandas neste período”, explica o secretário.

Valas de silagem

Os agricultores que farão valas de silagem devem agendar horário na secretaria de Agricultura, anexo a prefeitura. “Peço aos agricultores que passem na secretaria agendar as valas de silagem, para irmos dando prioridade nestes serviços, e pedir que na limpeza das valas, o agricultor que tem trator, alguma plataforma, que ele mesma possa fazer essa limpeza, para podermos também atender mais famílias”, destaca Debiasi.

 


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar